novembro 09 2018 0comment

Instituto Tênis impacta cerca de 8 mil pessoas em Brasília

O maior núcleo do Projeto Massificação, iniciativa do Instituto Tênis, fica em Brasília, Distrito Federal. Ao todo, são quase cinco mil crianças participantes em 2018 em 10 Centros Olímpicos locais e no Clube ASTCU, mais de 2.000 crianças provenientes das escolas particulares Leonardo da Vinci, Colégio Marista, e Colégio Maurício Salles de Mello, e, além disso, cerca de 150 professores já foram capacitados, em encontros que foram ministrados por Marcelo Motta, Gerente do Projeto.

O responsável pela coordenação do núcleo, Carlos Eduardo Chabalgoity, conhecido como Chapecó, explica que, durante o ano, quatro seletivas são realizadas com crianças que têm interesse em integrar a equipe, a fim de avaliar o desempenho nas quadras e, futuramente, alocá-las nas turmas do projeto, que acontecem em diferentes locais da capital federal.

“Temos uma parceria com o Governo do Distrito Federal (GDF) e com a Fundação Assis Chateaubriand, que conduzem uma iniciativa intitulada ‘Futuro Campeão’, na qual jovens podem ter uma oportunidade de carreira no esporte. Por isso, o volume de meninos e meninas que atendemos é muito elevado, pois já existe um incentivo por parte de outros órgãos e, com essa dinâmica, conseguimos avaliar atletas com grande potencial a ponto de convidá-los para treinar conosco”, diz Chapecó.

O núcleo de Brasília existe desde abril de 2016. Atualmente o projeto conta com a locação de quadras no clube ASTCU, onde atende crianças de 7 a 11 anos que treinam até 4 vezes na semana e já participam de torneios estaduais e regionais. Segundo o coordenador, o núcleo evoluiu muito em termos de estrutura, equipe e até em performance dos alunos, visto que, recentemente, um deles, Luís Gustavo Brito, disputou a Copa Guga Kuerten na categoria 9 anos masculino.

“A participação de Luís Gustavo em um campeonato desse porte foi extremamente inspiradora para as outras crianças que estão trilhando o caminho do esporte. Durante as partidas que Brito disputou, os demais alunos do projeto, que estavam na arquibancada, o observaram como um ídolo, uma referência, alguém da idade deles que conseguiu chegar ao patamar que estão buscando, foi maravilhoso”, ressalta o coordenador.

E para alavancar ainda mais o processo de desenvolvimento dos alunos, o Massificação conta com o apoio de prefeituras, escolas, clubes e centros de treinamento locais, além de pessoas físicas e jurídicas, que podem contribuir por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Além de Brasília, o Projeto Massificação, que já impactou mais de 30 mil crianças em todo o Brasil, também conta com núcleos em Barueri, Araras, Osasco, Mogi das Cruzes, Franca e Santana de Parnaíba, no estado de São Paulo, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Recife, em Pernambuco, Vila Velha, Espírito Santo, e Cabo Frio, no Rio de Janeiro. A meta é atingir 500 mil jovens até 2033.

Atualmente, a iniciativa está em fase de captação de recursos. Por ser um projeto via Lei de Incentivo ao Esporte, pessoas físicas, assim como pessoas jurídicas, podem doar parte do imposto de renda devido para viabilizar o projeto. Para saber mais sobre como fazer uma doação, entre em contato com  pedro@institutotenis.org.br.