julho 20 2018 0comment

Atletas do Instituto Tênis apresentam bons resultados no exterior

Em junho de 2018, além da participação em Roland Garros, tenistas disputaram campeonatos na Bélgica, Alemanha, Itália, Suíça, Bolívia e Equador

Os atletas do Instituto Tênis conquistaram importantes resultados no último mês de junho de 2018, tendo como destaque as oitavas de final do pernambucano João Lucas Reis da Silva na chave principal juvenil de Roland Garros, e o vice-campeonato da paulista Thaisa Pedretti en ITF $15,000, realizado na Itália.

Ao todo, a entidade contou com a participação de 10 jogadores em disputas internacionais, em seis países diferentes, tanto na América do Sul quanto na Europa.

Segundo Cristiano Borrelli, diretor executivo do Instituto Tênis, as participações em eventos no exterior permitem que os jovens se desenvolvam e adquiram experiências importantes para seguirem nas modalidades profissionais. “Nossos tenistas conseguiram ser competitivos e os resultados alcançados confirmam isso. Seguimos trabalhando para que eles continuem tendo condições de competir entre os atletas de mais alto nível do mundo em suas respectivas categorias”.

Resultados promissores

Dentre os principais resultados destacamos a performance na chave de simples juvenil de Roland Garros de João Lucas Reis da Silva, que começou bem, vencendo na primeira rodada o argentino Juan Manuel Cerundolo por 2 sets a 1, parciais de 4-6 6-4 6-1. Na segunda rodada, superou o francês Jaimee Angele por 2 sets a 0, parciais de 6-4 6-4. Já nas oitavas de final, o atleta perdeu de 6-1 6-1 para o taiwanês Chun Tseng, campeão do torneio e atual nº1 no ranking mundial juvenil.

Já na competição ITF Belgium F1 Futures, realizada em Havré, na Bélgica, entre os dias 18 e 24 de junho de 2018, ao lado do companheiro de equipe Fernando Yamacita, Reis conquistou o vice-campeonato de duplas. Na grande final, os atletas do Instituto Tênis foram superados pela dupla espanhola formada por Marc Giner e Jaume Pla Malfeito, que venceram por 7-5 3-6 10-5, ficando com o título.

Igor Gimenez disputou, entre os dias 19 e 24 de junho de 2018, as chaves de simples e duplas do Allianz Kundler German Juniors, realizado em Berlim, Alemanha. O grande resultado veio nas duplas, no qual Gimenez, que jogou ao lado do argentino Facundo Diaz Acosta, levou o título ao vencer os italianos Giacomo Dambrosi e Filippo Moroni por 2 sets a 0, parciais de 6-4 6-1. Nas simples, acabou sendo superado na 3ª rodada.

Ainda no mês de junho, Gimenez disputou o qualifying do juvenil em Roland Garros, mas foi superado pelo holandês Lodewijk Weststrate por 3-6 6-7.

No feminino, Thaisa Pedretti, alcançou bom resultado no $15,000 Tarvisio, na Itália, entre os dias 25 e 30 de junho de 2018, sagrando-se vice-campeã de simples. A atleta perdeu a final para a suíça Lisa Sabino por 6-3 6-3.

Outro grande destaque foi Nicolas Zanelatto de 16 anos, que apresentou excelente desempenho em simples e duplas em torneios ITF, na Bolívia. Em La Paz, no campeonato realizado entre 28 de maio e 2 de junho de 2018, Zanelatto chegou à semifinal de simples e duplas do Chuquiago Junior Open 2018. Já em Tarija, foi até a semifinal de simples do Guadalquivir Junior Open 2018, que aconteceu de 4 a 9 junho de 2018.

Colabore com a história desses tenistas!

Associe-se ao Instituto Tênis. Juntos, formaremos o nº1.

ESCREVA UM COMENTÁRIO